fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
10/01/2020

ENTENDA COMO FUNCIONA O PROCESSO DE BRITAGEM

Existente em diferentes tipos, a brita é utilizada como agregado para produção de concreto, o material mais presente em construções mundo afora — o que mostra como ela é importante. É exatamente para extrair pedaços grandes de rocha e transformá-las nessa brita — que posteriormente será utilizada como agregado para concreto — que existe o processo de britagem, assunto do texto de hoje.

Para que você entenda como funciona este processo de britagem, a Vogelsanger preparou um passo a passo detalhado, começando pela extração e indo até os resultados do trabalho realizado. Entenda a realização do processo de britagem na sequência:

Processo de britagem — passo a passo

1. Extração

Antes mesmo do processo de britagem começar e a brita sequer existir — em seus mais diversos tipos — prepara-se uma área, na jazida, pré estabelecida pelos técnicos (engenheiros de minas). A extração começa com a perfuração da rocha, com diâmetro e profundidade definidos de acordo com o plano de fogo elaborado pelos técnicos.

Após a perfuração, o processo segue para a detonação com explosivos. É ela que resultará nos primeiros fragmentos de rocha. Assim como a perfuração, a detonação também é feita seguindo um plano de fogo, além de obedecer os níveis permitidos de vibração e ruído.

2. Britagem primária

Após a extração através de detonação, os fragmentos de rocha são transportados para os equipamentos conhecidos como britadores, que começam com o processo de britagem de fato. Existem diversos tipos de britadores, dentre os quais podemos citar de mandíbulas, giratório, cônicos, rolo simples, rotativo, rolo duplo, de impacto e martelos.

Na britagem primária é altamente comum a utilização de um britador de mandíbula, o qual costuma quebrar as pedras de granulometria de até 800 mm em pedras de cerca de 120 mm. Ainda que a quebra seja considerável, isso ainda não é suficiente nem para que elas sejam transformadas em brita 4, também conhecida como pedra de mão.

3. Britagem secundária

É aí que elas passam pela britagem secundária. Feita a partir do uso de britadores cônicos, ela faz com que as peças sejam reduzidas a até cerca de 25 mm, o que, dependendo do tamanho, pode corresponder às britas 2, 3 e 4. A diferenciação dos tipos, baseado em seus tamanhos, é feita por uma peneira.

Caso haja o desejo de se obter as britas 1 e 0 (pedrisco), os fragmentos de rocha seguem à etapa seguinte.

4. Britagem terciária

Por fim, temos a britagem terciária, que é feita com britadores de impacto e pode reduzir a brita a até 4,8 mm. Assim como na britagem anterior, os tipos obtidos — brita 1 e pedrisco — são separados e classificados por uma peneira.

Acompanhando este passo a passo fica muito clara a importância do processo de britagem para a obtenção de brita para todos os usos em construções. É através de cada uma das etapas presentes no processo que os resultados podem ser atingidos com precisão.

Entendeu como funciona o processo de britagem? Este é um dos serviços realizados pela Vogelsanger! Se você quer receber mais conteúdo como este, acompanhe nosso Facebook e Instagram!

Receba nossas novidades em seu e-mail

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
Joinville Palhoça
MENU