fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
02/09/2019

O QUE É O ASFALTO FRIO E COMO SUA APLICAÇÃO É FEITA?

Com o crescimento de diversas cidades ao redor do mundo, há a necessidade constante de melhorias em diversos aspectos. Com as rodovias e estradas no geral a situação não muda, e novas soluções de infraestrutura não param de ser criadas para atender a demanda. Uma delas — quando falamos especificamente das estradas — é o asfalto frio.

Muito difundido nos Estados Unidos e em alguns países da Europa e começando a ser mais utilizado aqui no Brasil, ele é uma ótima alternativa para construir pavimentos novos e fazer pequenos reparos. No texto que Vogelsanger preparou para hoje, nós falaremos um pouco mais sobre o asfalto frio, incluindo uma explicação do que ele é, como sua aplicação é feita e as principais vantagens.

O QUE É O ASFALTO FRIO?

Asfalto frio é o Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ) para aplicação à frio. A inclusão de aditivo (Composto Químico) junto ao CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo) à mistura faz com que seu processo de cura (endurecimento) seja lento. É esta lentidão que permite que ele seja estocado para ser comercializado e aplicado à frio, garantindo alta trabalhabilidade em qualquer temperatura ou clima.

Quanto à fabricação, ela é muito similar à do asfalto quente convencional. O asfalto frio é fabricado em uma usina de asfalto, onde são utilizados diversos tipos de Cimento Asfáltico de Petróleo, como CAP 50/70, modificado por polímero e borracha. Misturados aos agregados pétreos, eles resultam na mistura asfáltica pronta para a utilização.

A única diferença considerável no processo é justamente a inclusão do aditivo ao CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo), permitindo que o material seja guardado e aplicado depois.

COMO SUA APLICAÇÃO É FEITA?

Além do fato de ser um produto empacotado ou a granel e que pode ser aplicado sem a pressa que o asfalto convencional exige, o asfalto frio já vem pronto para aplicação quando é comprado. Estando no local, é só limpá-lo, espalhar o produto e fazer a compactação.

E quando falamos na compactação — e na aplicação no geral —, é possível observar uma das primeiras vantagens do asfalto frio. Enquanto o asfalto a quente convencional costuma ser compactado com a utilização de um rolo liso, aqui não há essa necessidade. Basta usar uma placa vibratória, os próprios pneus do carro ou caminhão que levou o material ou até mesmo o trânsito local para compactar a mistura.

VANTAGENS DO ASFALTO FRIO

Contudo, a aplicação simples não é o único benefício do asfalto frio. Ele também conta com outras vantagens, as quais você pode acompanhar abaixo.

APLICAÇÃO NA CHUVA

Um grande problema da aplicação do asfalto convencional é a dependência das condições climáticas. Como ele deve ser aplicado a temperaturas muito altas, a chuva faz com que ele perca a aderência com a camada inferior e altere as propriedades originais do material. No caso do asfalto frio, por outro lado, este problema não existe.

RAPIDEZ

Devido aos aditivos misturados ao CAP, a aderência do asfalto frio é muito boa. Seu revestimento é muito ágil, o que não atrapalha a circulação de pessoas e veículos na área.

DURABILIDADE

Depois de fabricado, o asfalto frio pode ser armazenado por pelo menos 1 ano. O asfalto convencional, por outro lado, exige aplicação instantânea.

O asfalto frio é um dos produtos produzidos e comercializados pela Vogelsanger. Se você gostou das suas vantagens, talvez seja a hora de utilizá-lo em sua obra. Saiba mais sobre o nosso asfalto frio neste link!

Receba nossas novidades em seu e-mail

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
Joinville Palhoça