fbpx
| Joinville (47) 99119.9932 | Palhoça (48) 99141.9978
MENU
pavimentação asfáltica 17/06/2022

Quais as principais etapas da pavimentação asfáltica

A pavimentação asfáltica trata-se da aplicação do pavimento feito com o uso de material derivado de Petróleo denominado CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo), juntamente com materiais pétreos, além de outros aditivos que podem ser empregados na mistura para formar o famoso asfalto, também conhecido como CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente). 

O sistema de pavimentação possui quatro camadas principais: revestimento (capa asfáltica), base, sub-base e o subleito, que pode ou não precisar de reforço.

Dependendo da intensidade e do tipo de tráfego, do solo existente e da vida útil do projeto, o revestimento pode ser composto por uma camada de rolamento e camadas intermediárias ou de ligação, entretanto o mais comum é utilizar uma única camada de mistura asfáltica como revestimento.

Para a realização da pavimentação asfáltica, existem métodos de construção adequados que, se forem seguidos, podem fazer com que o pavimento tenha uma boa durabilidade. São várias as etapas envolvidas na construção de uma estrutura de pavimento, e todas elas são fundamentais para o sucesso do asfalto, pelo período de vida útil estimado em projeto.

Para você entender melhor, nós, da Britagem Vogelsanger, preparamos esse passo a passo com todas as etapas da pavimentação asfáltica. Confira!

Etapas da pavimentação asfáltica

Para a realização de todo o processo, é extremamente necessário seguir os procedimentos pré-determinados em normas técnicas. Por isso, essas 5 etapas devem ser colocadas em prática:

1. Planejamento da pavimentação asfáltica

Quando falamos em etapas de pavimentação, é impossível não pensar em escavação, terraplanagem, compactação, entre outros.

Mas antes de iniciar qualquer procedimento, é necessário pensar as etapas, definir o projeto executivo e traçar os planos de ataque, ou seja, antes de todo o trabalho, existe um planejamento a ser feito.

Para esse plano, devem ser levados em conta itens como: propriedades do solo, topografia, volume de tráfego, localização, linhas de serviço público, esgoto, drenagem e custos de manutenção rodoviária.

2. Preparação da base e sub-base

O asfalto é composto por 5 camadas, sendo o subleito, sub-base, base, camada de regularização, que pode ou não existir, e revestimento. A espessura da camada depende dos itens acima, avaliados no planejamento.

As camadas inferiores ao revestimento são primordiais para a qualidade do pavimento, pois fornecem o suporte das cargas solicitadas no revestimento.

3. Lançamento da mistura asfáltica

Após a instalação das estruturas de suporte do novo pavimento, uma camada de asfalto é aplicada. Ela serve para proporcionar uma trafegabilidade mais segura e confortável.

A mistura asfáltica é composta por material pétreo, CAP e aditivos. 

 4. Transição

Para se fazer a transição entre dois tipos de pavimento ou ainda um pavimento e a parte de calçadas e passeios, comumente se faz uma junta de topo, onde faz-se um corte transversal ao asfalto para o encaixe do novo material.

Em alguns tipos de transição é comum o uso de uma viga de concreto ou ainda um meio-fio, delimitando os espaços com ou sem diferença de nível.

5. Compactação do asfalto

Após a aplicação do asfalto com uso da vibroacabadora os rolos de compactação são acionados para aplicarem a energia suficiente para acomodação e compactação da massa asfáltica.

Neste momento faz-se também os arremates, em muitos casos manuais, principalmente na junção de superfícies distintas.

Com esse passo a passo, ficou mais fácil entender como é feita a pavimentação asfáltica e todas as suas etapas? Nossa empresa realiza esse e outros procedimentos, seguindo todas as normas. Confira todos os serviços prestados por nós! Aproveite e confira mais conteúdos como esse acessando o nosso blog.

Receba nossas novidades em seu e-mail

    Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI