fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
reaproveitamento de material fresado 18/02/2021

Reaproveitamento de material fresado: é possível?

A sustentabilidade é um assunto que está mais em alta do que nunca. E isso não é à toa; cada vez mais empresas buscam inventar e aplicar soluções que tragam danos menores ao planeta, além de reduzir os custos de produção. Em nossa área de pavimentação asfáltica, uma solução que tem sido destaque é o asfalto com reaproveitamento de material fresado.

Neste texto, a Britagem Vogelsanger fala um pouco mais a respeito deste assunto. Para aqueles que não lembram ou não sabem, explicamos o que é a fresagem — processo que produz o material fresado — e, por fim, mostramos que o reaproveitamento de material fresado existe e explicamos como ele é feito.

Continue a leitura e saiba mais!

 

Relembrando: o que é fresagem?

Fresagem é como chamamos o processo de corte, raspagem ou desbaste de uma ou mais camadas do asfalto. Ela é muito utilizada em obras de restauração de pavimentos, em que é preciso remover a parte do pavimento que está danificada antes de aplicar a nova camada.

Feita por um equipamento chamado fresadora, a fresagem pode ser do tipo superficial (que atinge apenas a superfície), rasa (que atinge as camadas superiores) ou ainda profunda (que chega até o subleito do pavimento). A fresagem ainda pode ser do tipo contínua, onde todo o pano de pista é removido, ou descontínua, onde atinge somente pontos aleatórios.

O produto da fresagem é o que caracterizamos como material fresado, que posteriormente poderá ser reaproveitado. Este resíduo é chamado de RAP (que vem da sigla em inglês Reclaimed Asphalt Pavement).

Caso queira entender o que é fresagem com mais detalhes, você pode encontrar outro texto aqui mesmo em nosso blog. Nós dedicamos um post inteiro à explicação do processo e alguns dos principais detalhes que o envolvem. Você pode conferi-lo através deste link.

 

Existe reaproveitamento de material fresado?

Agora que relembramos o que é fresagem, chegou a hora de falarmos a respeito do reaproveitamento de material fresado. E, sim, ele existe. A principal aplicação do RAP é na produção de um tipo de asfalto sustentável. Nele, uma parte dos agregados minerais pode ser substituída pelo material fresado.

O traço de RAP irá depender do material e da empresa que o produz, podendo chegar a até 30% do total. Isso, além de ser uma atitude sustentável por parte da empresa, sai muito mais em conta. Como é preciso produzir uma quantidade menor de material pétreo para usar como agregado, estima-se que o custo pode ter uma redução de até 15%.

De uma forma menos nobre, o material fresado também é utilizado como revestimento para estradas sem nenhum tipo de pavimentação, melhorando as condições de trafegabilidade e protegendo a camada de rolamento, aumentando o tempo entre as conservas.

Aqui no Brasil, a técnica ainda está passando por um processo de difusão. Porém, em outros países, especialmente na Europa e na América do Norte, o reaproveitamento de material fresado já é muito comum — fazendo parte de milhares de obras em muitos países.

 

E você, já imaginava que tamanha sustentabilidade é possível no segmento de pavimentação asfáltica? Caso tenha gostado do texto e queira continuar recebendo conteúdo, siga a Britagem Vogelsanger no Facebook e no Instagram! Nós estamos sempre fazendo postagens trazendo informações, curiosidades e tudo que envolve nosso trabalho. Siga e confira!

Receba nossas novidades em seu e-mail

    Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
    Joinville Palhoça