fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
produção do asfalto frio 29/10/2020

Como funciona a produção do asfalto frio?

Entre tantos materiais utilizados para as obras de pavimentação, o asfalto é, provavelmente, o mais conhecido e aplicado. No entanto, no texto de hoje, a Britagem Vogelsanger trata de uma espécie diferente do asfalto que estamos acostumados a ver. Na sequência, você pode ler um pouco mais a respeito da produção do asfalto frio.

Para contextualizar, nós iremos relembrar o que é o asfalto frio e para que ele é usado e, só após isso, mostrar como funciona a produção do asfalto frio. Por fim, mostramos também as vantagens que o material proporciona quando é aplicado em obras de pavimentação.

Continue a leitura e confira!

 

O que é asfalto frio e para que ele é utilizado

Asfalto frio é um material muito similar ao Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ), isto é, o asfalto convencional que conhecemos. Seu diferencial é que, ao contrário do material convencional, e como seu próprio nome sugere, ele não precisa ser aplicado enquanto está quente.

Para que isso seja possível, aditivos específicos são incluídos no CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo) durante o processo de usinagem (mistura). O papel desses aditivos é retardar o processo de endurecimento do material — também conhecido como cura. Com isso, ele pode ser estocado, comercializado e aplicado posteriormente sem afetar a qualidade do serviço.

Ainda que não haja limitações para sua aplicação, o recomendado é que ele seja usado em obras de reparação de pequenos remendos. Isso porque sua compactação é facilitada e ele pode ser aplicado em condições adversas, como dias de chuva.

 

Como funciona a produção do asfalto frio

Chegamos, enfim, à produção do asfalto frio. Como citamos, a única diferença entre ele e o asfalto convencional é a adição de aditivos que retardam a cura. Todo o resto acontece da mesma forma. Isso quer dizer que, para a produção do asfalto frio, os mais diversos tipos de Cimento Asfáltico de Petróleo, como CAP 50/70, modificado por polímero e borracha são misturados a agregados pétreos em uma usina de asfalto.

Isso forma o asfalto quente que conhecemos e tanto vemos aplicado em ruas e estradas de todas as regiões do país. Para que esse material seja transformado em asfalto frio, vem a aplicação de um aditivo específico que, como já citamos, atrasa o início da cura. Com isso, este asfalto frio pode ser armazenado para sua aplicação posterior.

Na prática, isso quer dizer que não é necessário produzir o asfalto frio sempre que obras de reparação precisarem ser feitas. Basta adquiri-lo, em sacos ou a granel, e aplicá-lo onde for necessário, inclusive em dias de chuva, como já dito anteriormente. 

Sobre a compactação deste tipo de asfalto ressaltamos que é muito mais simples que a do asfalto convencional. Enquanto este exige rolos compactadores pesados, o frio necessita apenas de placa vibratória.

 

Produção do asfalto frio de qualidade

Se você precisa adquirir asfalto frio para uma obra, é essencial que o produto seja da mais alta qualidade. Para isso, você pode contar conosco! O asfalto frio está entre os produtos que nós produzimos e comercializamos, seja em sacos ou a granel. Entre em contato e conheça!

E caso tenha gostado do texto e queira receber mais, acompanhe a Britagem Vogelsanger no Facebook e no Instagram!

Receba nossas novidades em seu e-mail

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
Joinville Palhoça