fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
asfalto modificado com polímero 06/09/2021

Asfalto modificado com polímero: o que é?

A evolução das cidades, aliada à crescente facilidade de se obter o próprio veículo, fez com que estradas do mundo inteiro passassem a ser cada vez mais utilizadas. Naturalmente, o aumento do tráfego fez com que elas fossem se desgastando com mais rapidez, reduzindo o tempo de vida útil inicialmente previsto.

As consequências negativas oriundas deste cenário são diversas; uma vez que o desgaste mais precoce de um pavimento demanda investimento antes do previsto. Fora isso, como o investimento em pavimentação é elevado, porque não investir em tecnologias para melhorar a qualidade e durabilidade de seus componentes?

Assim sendo, buscou-se solução na criação de produtos que pudessem dar uma maior vida útil ao pavimento asfáltico, dando maior capacidade de resistir às intempéries.

E foi assim que o asfalto modificado com polímero surgiu. Tanto a ação do tráfego quanto variações climáticas extremas podem causar danos ao pavimento, e a adição de diferentes polímeros tem o objetivo de reduzir este impacto.

Talvez você nunca tenha ouvido falar nesses materiais, mas eles são muito usados mundo afora. E foi pensando nisso que nós preparamos este texto. Abaixo, além de explicar o que é o asfalto modificado com polímero, nós falamos sobre sua utilização e diferentes tipos. Acompanhe!

 

O que é o asfalto modificado com polímero?

Basicamente, é um tipo de asfalto diferenciado, com características melhores que as do asfalto convencional. Como o próprio nome sugere, essa modificação é feita através da adição de polímeros, que nada mais são que macromoléculas ligadas entre si por meio de ligações covalentes.

Com a inclusão dos polímeros, o que se obtém é uma melhora das propriedades do asfalto; maior resistência a raios U.V, a solvência e a temperaturas extremas; e um desempenho superior do pavimento no geral, ou seja, maior vida útil.

 

Ele é muito utilizado?

Assim como outras inovações, o asfalto modificado com polímero está muito mais presente nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, visto que estes locais foram pioneiros na fabricação e aplicação do material. Por lá, o uso é bem expressivo.

Para se ter uma ideia, a busca por revestimentos asfálticos menos sensíveis às variações climáticas e mais resistentes à ação do tráfego fez com que os primeiros modificadores para asfalto começassem a ser desenvolvidos há aproximadamente 50 anos.

No Brasil, a utilização é um pouco mais recente. Foi a partir do início da década de 1990 que os estudos começaram a ser feitos. Por volta de 1995, trechos experimentais em rodovias passaram a contar com o material. A expectativa é de que o asfalto modificado com polímero seja cada vez mais presente.

Nós da Britagem Vogelsanger, por exemplo, utilizamos asfalto modificado por polímero na obra da terceira faixa da Via Expressa/BR 282 – Florianópolis/SC, uma das rodovias mais movimentadas de Santa Catarina.

 

Existem diferentes tipos?

Sim! Existem dezenas de tipos de polímeros, e cada um deles pode ser aplicado para conferir características diferentes ao asfalto. Entre eles, podemos citar 4 principais, sendo:

  • Termorrígidos: tendo como exemplos o epóxi e o poliéster;
  • Termoplásticos: tendo como exemplos o polietileno, o PVC e o EVA;
  • Elastoméricos: tendo como exemplos a borracha polibutadieno e a poliuretana;
  • Elasto-termoplásticos: tendo como exemplos o estireno e a borracha natural.

As diferenças de um para o outro não são muito significativas; o objetivo final da modificação é sempre o mesmo: aumentar a qualidade e a resistência do asfalto. Por aqui, os elasto-termoplásticos são os polímeros mais comuns.

 

E você, já conhecia esta possibilidade? O que achou do texto? Caso tenha gostado e queira receber mais conteúdo sobre asfalto, é só seguir a Britagem Vogelsanger no Facebook e no Instagram!

Receba nossas novidades em seu e-mail

    Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
    Joinville Palhoça