fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
construção sustentável 19/06/2020

Construção sustentável: você conhece este conceito?

A passagem dos anos, assim como os novos anseios da população em geral, foram os principais responsáveis por trazer novos métodos construtivos que fossem, ao mesmo tempo, mais eficientes e menos causadores de impactos negativos, sejam eles ambientais, sociais ou econômicos. Foi exatamente neste contexto que o conceito de construção sustentável surgiu — trazendo melhores soluções e com menos impactos, como podemos observar nos dias de hoje.

Neste texto que a Britagem Vogelsanger preparou, nós falamos especificamente sobre este assunto. Explicamos exatamente o que é construção sustentável e, por fim, ainda listamos algumas formas de aplicá-la nos canteiros de obras.

Boa leitura!

O que é construção sustentável

Construção sustentável é um conceito que norteia obras de todos os tipos a seguirem ações de harmonização especialmente com o meio ambiente. Qualquer construção que implemente soluções que sejam benéficas ou tragam menos danos para a natureza, ainda mais quando comparadas com as construções convencionais, pode ser considerada uma construção sustentável. Este conceito pode ser ampliado, pois tudo que traga mais benefícios, sejam eles sociais ou econômicos e com menor geração de impactos negativos, pode, hoje em dia, ser considerado sustentável, mesmo que não cause melhorias diretas ao meio ambiente.

Este conceito surgiu em meados da década de 1970, período em que a sustentabilidade já começava a ser um assunto importante em diversos âmbitos. O objetivo inicial do que podia ser compreendido como construção sustentável na época era somente encontrar maneiras melhores de utilização e aproveitamento de energia. Foi ao longo do passar dos anos que o conceito se moldou e ganhou a forma que conhecemos hoje, explicada no parágrafo acima.

4 formas de praticar a construção sustentável

Agora que nós já explicamos o que é a construção sustentável, iremos também apresentar 4 formas através das quais ela pode ser aplicada. Acompanhe:

1. Analisar e reduzir o impacto da obra

A primeira ação que pode ser feita na busca de uma obra mais sustentável é analisar todos os possíveis impactos que ela pode vir a ter principalmente no meio ambiente, entretanto sem esquecer os demais fatores. Um estudo completo sobre o assunto, feito por profissionais da área, faz com que a redução dos impactos possa ser implementada.

Essa redução, por sua vez, deve vir preferencialmente na forma de ações já previamente utilizadas em outras obras, incluindo as que trouxemos na sequência. Como essas e outras ações foram usadas em outras ocasiões, há a garantia de que eles trarão bons resultados na busca por métodos sustentáveis.

2. Utilizar materiais reciclados

Com certeza, um dos maiores impactos na natureza causados pelas construções vem dos materiais utilizados e dos processos poluentes responsáveis por suas produções. É por este motivo que optar por materiais reciclados é uma ótima alternativa, quase sempre vista como uma das mais básicas e eficientes. 

Esta medida, além de uma excelente medida ambiental, promove melhorias sociais e econômicas, uma vez que ativa uma cadeia de outros profissionais e atividades, outrora fora desta produção.

Alguns exemplos de materiais reciclados que podem ser citados são o concreto com o plástico de garrafas PET, o concreto e asfalto com pneus (borracha), a madeira reciclada e o tijolo ecológico. É seguro dizer que praticamente todos os materiais de construção têm uma versão reciclada.

3. Reaproveitar sobras de materiais

E o caminho oposto também pode vir a ser seguido no processo. Além de utilizar materiais reciclados, uma construção sustentável também pode reaproveitar as sobras dos materiais usados no canteiro de obras. Quando consideramos que a sobra e o desperdício são alguns dos aspectos mais prejudiciais, fica clara a importância deste passo.

Tal reaproveitamento pode ser feito de duas formas. A primeira delas é simplesmente tomar conta do material encaminhando-o para a reciclagem, seguindo um caminho natural neste processo sendo aplicado em uma outra obra em um outro momento. A segunda, por outro lado, pode ser mais interessante: usar a sobra de materiais para elaborar elementos internos da obra, tais como ferramentas de apoio, elementos decorativos, ou ,em última instância, o material a ser reciclado (ferro, por exemplo) segue para ser fundido e reaproveitado novamente pela indústria. 

4. Maximizar a luz natural

Por fim, a última forma que trouxemos pode ser um pouco mais complicada, visto que, nela, em muitos casos, há a implicação de mexer no projeto original existente. Entretanto, os benefícios a longo prazo são extremamente benéficos para o meio ambiente — o que é o principal objetivo de cada uma das ações que citamos.

Acontece que projetos inteligentes, aqueles que aproveitam todo o potencial da luz natural e usam o terreno como elemento da construção, são considerados um dos mais importantes pilares da construção sustentável. 

Na prática, isso quer dizer que construir de modo que a luz natural seja melhor aproveitada, e a utilização de energia elétrica seja reduzida, é uma ótima forma de contribuir com o meio ambiente.


E você, já conhecia a construção sustentável? Sabia da existência de algum dos métodos? Caso tenha gostado do texto e queira receber mais material da Britagem Vogelsanger, siga nossas páginas no Facebook e no Instagram hoje mesmo!

Receba nossas novidades em seu e-mail

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
Joinville Palhoça