fbpx
| Joinville (47) 3439.5009 | Palhoça (48) 3341.0007
como é feito o asfalto 14/02/2020

Entenda como é feito o asfalto

A pavimentação é um fator essencial para tornar as ruas, estradas e rodovias ideais para a circulação de pessoas e veículos. Quando falamos especialmente nas rodovias e veículos pesados, não há nada melhor que a pavimentação asfáltica. Mas você sabe como é feito o asfalto?

Se considerarmos que o Brasil tem cerca de 1,5 milhão de quilômetros de estradas e que mais de 80% delas não são asfaltadas, fica muito clara a importância de entender o papel do asfalto e como ele é feito. Afinal, as estradas que possuem este material de revestimento são mais resistentes, fator essencial para um local que recebe tráfegos constantes.

Neste texto que a Vogelsanger preparou, nós explicamos melhor como funciona o processo e como é feito o asfalto. Se você quer entender ainda mais a respeito desse material e das estradas brasileiras no geral, continue a leitura abaixo e confira!

Tipos de asfalto

Antes de explicarmos como é feito o asfalto, é importante fazermos uma diferenciação entre suas categorias. Existem, basicamente, dois tipos de asfalto:

  • Asfalto quente, que é o asfalto convencional;
  • Asfalto frio, que é muito semelhante ao anterior, porém com o diferencial de poder ser ensacado e aplicado posteriormente.

Para facilitar o entendimento, explicamos tanto como é feito o asfalto quente quanto como é feito o asfalto frio. Veja na sequência:

Como é feito o asfalto quente

Na grande maioria das construções de pavimentação asfáltica que observamos por aí, é o asfalto quente que é utilizado. Este material é aplicado em temperaturas altíssimas, e a sua compactação é feita com o auxílio de um equipamento chamado rolo compactador, que pode ser liso (de chapa) ou de pneus liso.

Sua produção é consideravelmente simples de entender. Em uma usina de asfalto, utiliza-se diversos tipos de Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP) — obtidos através da destilação do petróleo —, como o CAP 50/70, misturados aos agregados pétreos (britas). É esta mistura, devidamente aquecida, que forma o asfalto.

Como é feito o asfalto frio

O asfalto frio, por sua vez, é bem semelhante ao asfalto quente. A principal diferença aqui é a inclusão de aditivos químicos à mesma mistura do outro tipo de asfalto. A função desses aditivos é fazer o processo de cura (endurecimento) do asfalto ser bem mais lento, evitando a necessidade de que ele seja aplicado imediatamente, como acontece com o anterior.

Isso permite a estocagem e a comercialização, fazendo o asfalto frio ser o produto ideal em diversos casos. Com o asfalto frio, a aplicação pode ser feita em qualquer que seja o local, independente da distância da usina de asfalto em que ele foi fabricado. Além disso, ele também suporta quaisquer temperaturas e climas. Algumas das vantagens que essa opção apresenta são aplicação na chuva, rapidez e  possibilidade de estocagem a longo prazo.

E aí, conseguiu entender como é feito o asfalto? Viu como ele é um revestimento altamente importante para diversas estradas e rodovias? Se você quer continuar recebendo conteúdo como este, não deixe de acompanhar as redes sociais da Vogelsanger! Encontre-nos no Facebook e no Instagram!

Receba nossas novidades em seu e-mail

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. Desenvolvido e Otimizado por WEBI
Joinville Palhoça
MENU