Meio Ambiente
Projeto de Educação Ambiental

Na foto visualizamos a Área Compensatória no 1° Ano da Implantação
Teve seu início em 1997, envolvendo diretamente alunos da rede escolar do Município de Joinville. Nesse período houve a participação de mais de cinco mil alunos, os quais conheceram com mais detalhes o Projeto de Educação Ambiental desenvolvido pela Empresa. Em cada visita o principal enfoque que é abordado é a "Mineração e o Meio Ambiente".

Sendo a Mineração a principal atividade da Empresa, torna-se necessário um cuidado muito especial com relação ao Meio Ambiente. Esse enfoque é o principal tema apresentado aos alunos que conhecem os vários programas que a Empresa vem desenvolvendo ao longo dos anos, envolvendo funcionários e a comunidade em geral. Os principais programas desenvolvidos são: Educação Ambiental; Coleta Seletiva de Materiais Recicláveis; Coleta de Óleo Usado; Coleta de Materiais contaminados com destinação final dos mesmos; Controle de Poeira e Ruídos; Sismografia, por ocasião das detonadas, entre outros.

Por ocasião das visitas dos alunos, surgem vários questionamentos quanto às compensações ambientais que a empresa tem que fazer para obter as Licenças Ambientais. Já existem as compensações estabelecidas em Lei e mais àquelas que a Empresa propõe em seus projetos apresentados aos Órgãos Ambientais. Surgiu aí a Área compensatória de seis hectares, que começou a ser implantada em 1997, a qual vem sendo mantida, onde, dentro da mesma, foi criada uma Trilha Ecológica para tornar mais didática à visualização pelos alunos, por ocasião da visita dos mesmos.

Por esta Área Compensatória e Trilha Ecológica já passaram mais de cinco mil alunos desde a sua implantação. Eles puderam conhecer mais de 120 espécies da Mata Atlântica plantadas na Área desde a sua criação.


Área compensatória, após 9 anos da sua implantação
Na foto ao lado se pode observar o bom desenvolvimento que tiveram as diversas espécies implantadas na área. A partir desta constatação evidencia-se também que a Empresa cumpriu integralmente a compensação exigida pelos órgãos Ambientais por ocasião da obtenção da Licença Ambiental. Ações iguais a esta mostram que é possível fazer mineração minimizando ao máximo os impactos que esta possa causar a natureza. A extração de bens minerais sempre foi o grande aliado do desenvolvimento das nações, pois os inúmeros bens minerais que a natureza oferece são o alicerce da expansão mundial. A principal alavanca do desenvolvimento são os bens minerais, tratados como ”bens Minerais de uso social”, como exemplo podemos citar a brita e areia os quais são utilizados por todas as camadas sociais em suas diversas formas de aplicação.

Sob está ótica de desenvolvimento é que a empresa desenvolve suas ações na área de Mineração, mas sem deixar de lado a preocupação com o meio ambiente.